As prestacoes de contas condominiais devem ser transparentes

As prestações de contas condominiais devem ser transparentes para comprovar a probidade e a ética do síndico e do conselho fiscal, pois os recursos recebidos e aplicados são dos condôminos.

Para ter transparência devem submeter mensalmente suas contas ao conselho fiscal e enviar aos condôminos essas prestações, as quais devem ser aprovadas ao final de cada exercício através da Assembleia Geral e o ideal é contarem com uma auditoria preventiva.

Mas, nem todos os condomínios procedem dessa forma, temos conhecimento em nossos 50 anos de existência de desvios encobertando as mais diferentes formas, tanto pelo síndico como pela administradora, citando:

- Tem casos de não enviarem prestações de contas ou balancetes anuais e nas Assembleias o Conselho Fiscal se resume a alegar ter aprovado a prestação de contas e nem apresenta-las.

- Outros alegam que a pasta de prestação de contas está em poder da administradora que impõe horários de visitas em dias e horas inviabilizando exames mais aprofundados.

- Como nas pastas mensais não anexam os relatórios de inadimplentes, mensais e acumulados, de onde ocorrem muitos desfalques, fica impraticável uma adequada conferência.

- A maior parte das administradoras se utiliza de uma conta pool, alegando redução de taxas bancárias e outros argumentos, impedindo assim de constatar se o registrado na prestação de contas está confirmado no extrato do banco. Constatamos casos em que apesar de constar o pagamento de impostos a autenticação as guias de recolhimento era falsificada.

Em prédios residenciais ou comerciais de maior porte é inviável ao Conselho Fiscal bem conferir as conta apresentadas, justificando assim a contratação de firmas de auditoria para executarem os exames necessários. Na Binah os exames em sua maioria são os seguintes:

- Convertemos as prestações de contas, confrontando com os contidos nas pastas e:
– Se confirma as somas, transportes e saldos representando uma conferência de 100%.
– Das tabelas mensais e acumuladas do recebido e pago se analisa as variações para os exames.
- Se confronta o orçamento com os pagamentos e recebimentos com evidência das variações.

No exame documental de meses selecionados atentamos se os comprovantes são adequados:
– avisos de cobrança bancária, cartões de crédito e seu confronto com a prestação de contas;
– autenticação e adequacidade dos comprovantes de pagamentos;
– o extrato do c/c Banco e de aplicação financeira específica se for o caso.

Através de testes serão selecionadas a documentação, para observar entre outros:
– se a despesa se aplica ao condomínio e a documentação é hábil;
– quando aplicável, se houve retenções de tributos e confirmar seu recolhimento;
- se contem rubricas da administração aprovando o pagamento;
– se o pagamento coincide com contratos firmados;
– examinar a coletas de preços;
– outros exames julgados necessários segundo as circunstâncias.

Relatório descrevendo as irregularidades constatadas para se for o caso substituírem o atual síndico e/ou ajuizarem ações para recuperação dos valores desfalcados.

Fornecemos orientações e orçamento graciosamente, basta nos questionarem.
VEJA OUTRAS NOTÍCIAS